A minha casa lá no pé da serra
Toda caiada cheia de fulô
Eu sou um pobre que trabalha a terra
Eu não tenho terra sou agricultor
De tardezinha que o trabalho encerra
Eu vou pra casa, pois cansado eu tô
Mariazinha cheirosinha e bela
Faz o jantar regado a luz de vela
Apaga a vela e vem pra onde eu tô
De tardezinha que o trabalho encerra
Eu vou pra casa, pois cansado eu tô
Chega de noite nós dois adormece
Enquanto isso a barriginha cresce
Vem por aí mais um agricultor

Em pouco tempo o nordestino morre
A seca enorme me desanimou
Com sede e fome meus bichinho foge
Ninguém socorre esse sofredor

Me arrume os troços pra nós ir se embora
Maria chora de saudade e dor
Adeus terrinha vou morar na rua
Fazendo verso contemplando a lua
Aposentado como agricultor

De tardezinha vendo o sol se pondo
Ah eu me escondo vou beber eu vô
Não sei porque Mariazinha chora
Se ta com saudade quer que vá embora
Morrer de fome más fazendo amor.

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts