Derrepente eu abri a porta
Dei meia volta pra me despedir
De quem eu sempre amei, de quem jamais me afastei
Falou mais alto a voz do coração
Olhos nos olhos, eu perdi o trem
Eu amo essa mulher, que faz de mim o que bem quer

Minha prenda amada do primeiro beijo
Do primeiro amor
Do primeiro desejo
Ela nasceu pra mim
Ela nasceu pra mim...

Quando tudo parecia triste
O amor resiste para o nosso bem
Porque ficando só
Triste será o fim de nós
Em nosso rancho nao me falta nada
Tenho uma prenda linda para amar
Esqueço aquele adeus
Não mais está nos planos meus...

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir