Foto do artista Os Tiranos

Estampa da Tradição

Os Tiranos


Sou índio cru desta pampa cativo da tradição
Fumaciando de galpão trago minh'alma curtida
Quando o sol vem me espiar acriolando as coxilhas
To changueando por uns pila no lombo xucro da lida
Sou quebra aqui da campanha que faz do laço um fiador
Com guisa de tirados cozinhada a tironaço
Quando o potro veiaqueia me planto bem nos arreios
E também planto-lhe o relho pra mostrar o dono do braço

É bem assim que eu sou me orgulho deste meu chão
É bem assim que eu sou
Vou trançando a minha história com tentos de tradição

Nasceu comigo esta cisma de domar cavalo xucro
que o vagueando de gaúcho traz de berço igual chamego
Este trejeito de traura pra redomão queixo duro
Vem com semblante maduro já no "Sentá dos pelegos"
Minha vida é um olho d'água cacimbando a minha pampa
Tenho orgulho desta estampa traduzida na bombacha
Trago dentro deste peito o meu Rio Grande o meu chão
Espelho do coração que só por china se agacha

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: João Alberto Pretto / Luiz Claudio · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Eliane
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.