exibições 1.271

De vez em quando saio de urublue
contaminando o céu azul
Vez em quando saio de urublue
contaminando o céu azul
Desse quarto sem janelas
Eu vejo por todas elas
Guardo a chave na palma da mão
De vez em quando saio de urublue
contaminando o céu azul
Com essa arma que eu te mostro aqui
Abre o peito e vê o que há em ti
Guarda a arma na palma da mão
Depois que abrir que saia fogo e mel
Incendiando o azul do céu
Se for assim que saia fogo e mel
Incendiando o azul do céu
Vez em quando saio de urublue
contaminando o céu azul

Add a playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir