Habilite sua assinatura e dê adeus aos anúncios

Habilitar
exibições 30.359

Prá Longe do Paranoá

Oswaldo Montenegro

3... 2... 1

Numa tarde quente
Eu fui me embora de Brasília
Num submarino do lago Paranoá

Quero ser estrela lá no Rio de Janeiro
Namorando Madalena na beira do mar

Qualquer dia, mãe, você vai ter uma surpresa
Vendo na TV meu peito quase arrebentar

Quero ser estrela lá no Rio de Janeiro
Namorando Madalena na beira do mar

Quem quiser que faça o velho jogo da política
Na sifilítica maneira de pensar

Quero ser estrela lá no Rio de Janeiro
Namorando Madalena na beira do mar

Eu tenho o coração vermelho
E o que eu canto é o espelho
Do que se passa por lá

Lá no Rio de Janeiro
Namorando Madalena na beira do mar

Eu fui me embora de Brasília
Do lago Paranoá

Lá no Rio de Janeiro
Namorando Madalena na beira do mar

Qualquer dia, mãe, você vai ter uma surpresa
Vendo na TV meu peito quase arrebentar

Quero ser estrela lá no Rio de Janeiro
Namorando Madalena na beira do mar

Quem quiser que faça o velho jogo da política
Na sifilítica maneira de pensar

Quero ser estrela lá no Rio de Janeiro
Namorando Madalena na beira do mar

Eu tenho o coração vermelho
E o que eu canto é o espelho
Do que se passa por lá

No Rio de Janeiro
Namorando Madalena na beira do mar

Numa tarde quente
Eu fui me embora de Brasília
Num submarino do lago Paranoá

Quero ser estrela lá no Rio de Janeiro
Namorando Madalena na beira do mar

Qualquer dia, mãe, você vai ter uma surpresa
Vendo na TV meu peito quase arrebentar

Quero ser estrela lá no Rio de Janeiro
Namorando Madalena na beira do mar

Quem quiser que faça o velho jogo da política
Na sifilítica maneira de pensar

Quero ser estrela lá no Rio de Janeiro
Namorando Madalena na beira do mar

Eu tenho o coração vermelho
E o que eu canto é o espelho
Do que se passa por lá

No Rio de Janeiro
Namorando Madalena na beira do mar

Numa tarde quente
Eu fui me embora de Brasília
Num submarino do lago Paranoá

Namorando Madalena na beira do mar

Qualquer dia, mãe, você vai ter uma surpresa
Vendo na TV meu peito quase arrebentar

Namorando Madalena na beira do mar

Quem quiser que faça o velho jogo da política
Na sifilítica maneira de pensar

Quero ser estrela lá no Rio de Janeiro
Namorando Madalena na beira do mar

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Oswaldo Montenegro. Essa informação está errada? Nos avise.
Legendado por Renan. Revisões por 2 pessoas . Viu algum erro? Envie uma revisão.

Comentários

Envie dúvidas, explicações e curiosidades sobre a letra

0 / 500

Faça parte  dessa comunidade 

Tire dúvidas sobre idiomas, interaja com outros fãs de Oswaldo Montenegro e vá além da letra da música.

Conheça o Letras Academy

Enviar para a central de dúvidas?

Dúvidas enviadas podem receber respostas de professores e alunos da plataforma.

Fixe este conteúdo com a aula:

0 / 500

Posts relacionados Ver mais no Blog


Opções de seleção