Nem Todo Alceu é Valença

Oswaldo Montenegro

exibições 6.721

Nem todo amor é bandido, todo sonho é legal
Nem todo beijo é ardido, toda paixão é fatal
Nem todo abraço é à vista, todo mundo é artista
Nem um ponto de vista vai ser ponto final
Nem todo corpo se encaixa, todo afeto é moral
Nem todo mundo se abaixa pro chicote do mal
Nem todo mundo se alegra, todo mundo se esfrega
Nem todo amante se entrega, etc e tal
Nem todo exame avalia, nem toda foto é fiel
Nem toda festa é folia, nem toda lua é de mel
Nem todo Alceu é Valença, nem todo não é ruim
Nem todo sonho é doença, nem todo breque é o fim
Nem todo Léo é de Bia, nem todo amigo é irmão
Nem toda virgem Maria, nem todo sim é pois não
Nem toda ação é coragem, nem todo aviso é sermão
Nem toda trilha é viagem, nem todo intento é ação
Nem todo amor é bandido, todo sonho é legal
Nem todo beijo é ardido, toda paixão é fatal
Nem todo abraço é à vista, todo mundo é artista
Nem um ponto de vista vai ser ponto final
Nem todo corpo se encaixa, todo afeto é moral
Nem todo mundo se abaixa pro chicote do mal
Nem todo mundo se alegra, todo mundo se esfrega
Nem todo amante se entrega, etc e tal
Nem toda moça é sozinha, nem todo mundo é de um só
Nem todo amigo é vizinho, nem todo amor vira pó
Nem toda escola te ensina, nem todo acerto valeu
Nem toda história termina quando o começo morreu
Nem todo amor é bandido, todo sonho é legal
Nem todo beijo é ardido, toda paixão é fatal
Nem todo abraço é à vista, todo mundo é artista
Nem um ponto de vista vai ser ponto final

Add a playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir