Serenata ao Professor

Oswaldo Montenegro

exibições 8.332

Acorda, meu querido grande mestre, meu amigo
Quero lhe mostrar o quanto e não consigo
Quanta gratidão a gente traz no coração por ti
Juro que acredito em tudo o quanto me contaste
Que a gramática nos servirá na vida
Que a princesa Isabel amava o crioléu daqui
Sabe, meu querido grande mestre, eu acredito
Que o Cabral bateu aqui pelo destino
Cantarei o nosso hino, cada vez que eu for dormir
Sabe, reconheço o teu salário é uma desgraça
Mas na vida, o senhor sabe, tudo passa
Se isso é uma lei da vida
Por que não nos passar também?

Add a playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Mongol / Oswaldo Montenegro · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por KEZIA
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.