Vem Remendar

Padre Antônio Maria

exibições 2.457

Imagino aquelas tardes, mãe querida
Sob a brisa tão suave em Nazaré
Tu rezavas bem baixinho em plena lida
E a teu lado trabalhava São José
O menino que brincava tão contente
Dava ao quadro tanta luz paz e tanta luz
Tuas mãos aquelas mãos tão pacientes
Remendavam as roupinhas de Jesus

Vem mãe querida também remendar
A minha vida e me ensina a amar
Renova a veste do meu coração
Com linhas de paz de humildade e perdão

Imagino tantas tardes mãe querida
Tantos dias, tantas noites, te ofendi
Quantas vezes sofro nova recaída
Teus apelos carinhosos esqueci
Tão rasgada está minha alma se te esqueço
Se não faço o que me pede teu Jesus
Sem a graça, com meus trapos desfaleço
Vem reveste-me, ó mãe da tua luz.

Add a playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir