Labirinto De Sonhos

Patricia Marx

exibições 1.211

Esqueça os livros na sala
As vezes na televisão
Vou pro meu quarto
Já é quase hora do nosso encontro
Me deito e apago a luz
Respiro a noite e começo a me soltar

Pegar a mão dessa brisa noturna
E desaparecer
Vou pelas luzes da rua
Até baer na tua janela
Ninguém vai me ver chegar
Posar do lado da cama e te chamar
te chamar

Um labirinto de sonhos
Sem qualquer sinal de juizo
Um labirinto de sonhos
Qualquer saida sá no amor
Um labirinto de sonhos
Onde a verdade é de brinquedo
vem logo que amanhã eu levanto cedo
vem logo que amanhã eu levanto cedo.

Add a playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir