Foto do artista Paulo Molin

Igarassu, Cidade do Passado

Paulo Molin


Olhando teus campos, teus canaviais
Menino ainda hoje, eu sinto que sou
Teu povo tão bravo
Teus feitos heróicos
Serão para sempre lembrados por nós
Toda vida, igarassú

Igarassú, cadê tuas moças bonitas
Que em dia de festa cantavam
Melodias de nossos avós
Igarassú, cadê teus garotos levados
Que brincavam descalços nas ruas
Mas rezavam de noite ao deitar

Igarassú, cadê tuas festas de igreja
Onde o povo fazia oração
Pra são cosme e pra são damião

Igarassú, cidade do passado
Tú viverás nos livros tristes
Ninguém foi mais do que tú

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir