Aô Buteco (Ô Mulher Você Me Mata)

Pedro Paulo e Matheus


ôôô mulher "cê" me mata
ôôô mulher tô doidão
ôôô mulher "cê" me maltrata
Aôôô buteco, eita trem bão

A cintura dela é fininha, cintura de pilão
Tem um e setenta, sessenta quilos de tentação
Ela esnoba e abusa de ser gostosa
Ela é toda boa, ela é a patroa ela é poderosa
Ela é toda boa, ela é a patroa ela é poderosa

ôôô mulher "cê" me mata
ôôô mulher tô doidão
ôôô mulher "cê" me maltrata
Aôôô buteco, eita trem bão

Se ela tá de costa ou se tá de frente não tem defeito
Ela faz marido perto da esposa ficar sem jeito
Eu não sou doutor, mas desse remédio eu me receitei
Eu não sou leão mas com esse trem bão eu me sinto rei
Eu não sou leão mas com esse trem bão eu me sinto rei

ôôô mulher "cê" me mata
ôôô mulher tô doidão
ôôô mulher "cê" me maltrata
Aôôô buteco, eita trem bão

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts