Vou te contar uma história muito louca de quem tira o pai da forca pra poder se alimentar
E esse homem abondava humildade, não vivia na saudade, a alegria estava lá

Pedro Rapé, Pedro Rapé, Pedro Rapé, quer um rapé pra tu cheirar? (2x)

Não tinha nada, na pobreza ele vivia, não faltava alegria pra vida continuar
Pedro Rapé que era um cara gente fina, não gostava de piscina e imitava o Barrabás
A sua risada horripilante dava medo e eu chorava em segredo pra ninguém me perturbar

Pedro Rapé, Pedro Rapé, Pedro Rapé, quer um rapé pra tu cheirar? (6x)

Pedro Rapé que adorava uma bebida não reclamava da vida, nem queria se gabar
Pedro Rapé que era um cara gente fina não gostava de piscina e imitava o Barrabás
E para acabar com essa história muito louca, de um cara bom de boca, meu irmão vou lhe falar
Assim um dia eu vi falar que seu Rapé, acredite se quiser, em outro mundo foi morar

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts