exibições 14.328

O galo cantou, é de manhã
A barra do dia dourada vem surgindo
Clareou, a passarada acorda fazendo festa
E a natureza sorrindo

A vida no campo é fruta madura
Amizade é coisa pura, é mel no coração
Gado no curral, cuscuz com leite
Café com queijo, eu gosto de um requeijão
Vou lhe falar
Não troco essa vida por nada desse mundo
Não saio desse lugar

Quando é meio-dia
A cigarra enche o mundo de som na maior alegria

Anoiteceu
A prosa do compadre: O bezerro
Foi a onça quem comeu

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais no Blog