Onde estão os crias corajosos daqui
Onde está o bonde dos valentes de Davi
Canta alto, canta forte, é nóis na voz eu quero ouvir

Canta alto, canta forte, é nóis na voz eu quero ouvir

Brabos, nós somos (hey)
Brabos, aqui só tem (wow)
Brabos, nós somos (hey)
Brabos, aqui só tem (wow)
Brabos, nós somos (hey)
Brabos, aqui só tem (wow)
Brabos, nós somos (hey)
Brabos, aqui só tem (wow)

Ninguém trisca a mão no filhinho do Chefão
É confiança que vem do Céu
Confiança que vem do Céu
Tipo zagueiro com sangue nos olhos
Fazendo seu papel
Ninguém passa, pede força pro Céu

Brabo como abelha braba
Brabo como abelha braba
Ferroada no quengo de quem mexer na minha casa
Ferroada no quengo de quem mexer na minha casa
Brabo como cão de caça
Brabo como cão de caça
Brabo que nem soldado quando veste a farda
Brabo que nem soldado quando veste a farda
Atacadão que nem gerente quando o vapor da mancada
Atacadão que nem gerente quando o vapor da mancada
Não me peça calma, nessas horas não me peça calma
Não me peça calma, nessas horas não me peça calma
Porque agora é hora da arrebentação
Porque agora é hora da arrebentação
A vida é louca e nela eu vou sair na mão
Sou filho do Mestrão, sou cria do Monstrão

Ai de quem triscar a mão no filhinho do Chefão
Ninguém trisca mão no filhinho do Chefão
É confiança que vem do Céu
Confiança que vem do Céu
Tipo zagueiro com sangue nos olhos
Fazendo o seu papel
(Ninguém passa)

Onde estão os crias corajosos daqui
Onde está o bonde dos valentes de Davi
Canta alto, canta forte, é nóis na voz eu quero ouvir
Canta alto, canta forte, é nóis na voz eu quero ouvir

Brabos, nós somos (hey)
Brabos, aqui só tem (wow)
Brabos, nós somos (hey)
Brabos, aqui só tem (wow)
Brabos, nós somos (hey)
Brabos, aqui só tem (wow)
Brabos, nós somos (hey)
Brabos, aqui só tem (wow)

Ninguém trisca a mão no filhinho do Chefão
É confiança que vem do Céu
Confiança que vem do Céu
Tipo zagueiro com sangue nos olhos
Fazendo seu papel
Ninguém passa, pede força pro Céu

Fé, fé forte, forte, mas que reza braba
Fé, fé forte, forte, mas que reza braba
Mais potente que rajada, mais potente que rajada
Pra, pra, pra, hey! Lá vai rajada

Quero ver quem pega nóis, quero ver quem pega nóis
Nóis deixa no chinelo até os super-heróis
Eu sou mar brabo, eu sou mar brabo
É melhor tu não entrar
Eu tô falando, eu sou mar brabo e você pode se afogar
Não toque no vidro, não faça ruído
Cuidado com o gorila
Não queira testar a ferocidade da nossa matilha
Pronta pra guerra, mira num erra
Periferia, favela, morro, subúrbio e viela
Brabos andam com brabos, é formação de galera
É a gangue dos brabos
Se espalhando (sou memo) e dominando a Terra

Onde estão os crias corajosos daqui
Onde está o bonde dos valentes de Davi
Canta alto, canta forte, é nóis na voz eu quero ouvir
Canta alto, canta forte, é nóis na voz eu quero ouvir

Brabos, nós somos (hey)
Brabos, aqui só tem (wow)
Brabos, nós somos (hey)
Brabos, aqui só tem (wow)
Brabos, nós somos (hey)
Brabos, aqui só tem (wow)
Brabos, nós somos (hey)
Brabos, aqui só tem (wow)

Onde estão os crias corajosos daqui
Onde está o bonde dos valentes de Davi
Canta alto, canta forte, é nóis na voz eu quero ouvir
Canta alto, canta forte, é nóis na voz eu quero ouvir

Brabos, nós somos (hey)
Brabos, aqui só tem (wow)
Brabos, nós somos (hey)
Brabos, aqui só tem (wow)
Brabos, nós somos (hey)
Brabos, aqui só tem (wow)
Brabos, nós somos (hey)
Brabos, aqui só tem

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Pregador Luo. Essa informação está errada? Nos avise.
Enviada por Christyan. Legendado por Christyan. Revisão por Christyan. Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog