Árvores não sentem o seu perfume
e não querem saber se você passou nos exames.
Árvores não mandam seus currículos pra agências,
nem chamam a ambulância às quatro horas da manhã.

Árvores não tem o nome sujo no Serasa,
não pagam seus impostos, nem recebem pensão.
Árvores não choram quando acaba a novela.
Não compram Pentium 4, nem tem filhos pra criar.
Árvores não pulam a cerca, nem se suicidam por amor.
Elas só fazem fotossíntese e madeira pra serrar.

Não pegam metrô, nem ticket refeição,
não pegam fila, resfriado ou preconceito de negão.
Não fazem nada o dia inteiro, não tem pretensão.
Árvores não perdem as moedinhas quando em bolsos
furados.

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir