CHORA, MINHA NÊGA
(Reginaldo Bessa)

Minha nêga chora
quando vou embora trabalhar
Minha nêga chora
na hora do samba se acabar
minha nêga chora de dor e alegria
de amor e de melancolia
de beijos e abraços
então nem que falar

Chora minha nêga
e abre pro mundo o teu coração
que entende tudo
que é alegria e desilusão
Só conhece a vida
quem soube ao menos
uma vez chorar
gente que não chora
é gente que nunca vai cantar

Chora, minha nêga
Chora, minha nêga
Chora, minha nêga
Chora, minha nêga

Tanta gente pensa
que só é feliz quem não chorar
mas quem assim pensa
não sabe sorrir e nem amar
que esconde a alma
dos olhos do mundo
é muito mais triste no fundo
por isso é que eu deixo a nêga chorar...

(refrão)

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir