Balorê êxu é Mojubá

Ogunhé Patacuri

Ogum é Orixá !


Kao Cabicile Xangô

Kao meu pai !


Okê Arô

Oxossi é Caçador !


Ewê ossa Ossanha

Ewê ossa


Arroboboia Oxumaré

Roboboia!


Atoto Ajuberô

Atoto Obaluaie!


É tempo, é tempo

sará tempo


Eparrei


Ora ieie o mamãe Oxum

Ora ieie o


Ô docyaba Yemanja

Ôdoia mamãe


Saluba Nanã Saluba!


Erê mim

Ibeji


Jurema


Adorei as almas

As almas adorei


Sheuépa babá Oxalá

Sheuépa !


O sino da igrejinha

Faz belém blemblaum

Deu meia-noite o galo ja cantou

Seu Tranca Rua que dono da gira

O corre gira que Ogum mandou


Exú apavenã exú apavenã

Em minha aldeia ingá é

Exú apavenã


É uma casa de pombo

É de pombo girá

Euê auê auê


Ganhei uma barraca velha

Foi a cigana quem me deu

O que é meu é da cigana

O que é dela não é meu

Ciganinha puerê, puerê, puerá


Girê mavilê mavangô

Oh Zé! quando vier da lagoa

Toma cuidado com o balanço da canoa

Oh, Zé! Faça tudo que quiser

Só não maltrate o coração dessa mulher


Lá na porteira eu deixei meu sentinela

Eu deixei o meia-noite

Tomando conta da cancela

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir