Bem Cotado

Rogério Batalha

exibições 101

Você forjou, você riu, você mentiu, você brincou
Isso significa, amor, que você não tem interior
Quando na quadra da Portela a velha guarda subiu
Só você não entendeu que um partido-alto
é um batuque sólido de adeus
Você me usou e descurtiu, depois sumiu, dispersou
Você não justifica, amor, o bem de quem te criou
São vinte e dois anos de praia e eu já sei
que esse filme é assim
O mocinho sofre, o bandido foge e a vilã sai bem no fim
Foi minha escola querida
quem me ajudou a suportar
Você só deixou na avenida a desilusão pr' eu carregar
no peito
Você zombou e feriu, você fingiu, você jogou
Isso justifica, amor, você não tem interior
Quando na quadra da Portela a velha guarda subiu
Só você não entendeu que um partido-alto
é um batuque sólido de adeus
Você me usou, me iludiu, depois sorriu e decretou
Que esse meu discurso, amor, é choro de perdedor
Com vinte e dois anos de escola
eu já sei que o desfile é assim
O passista sofre, o mestre sala morre e a destaque nem aí
Foi minha escola querida quem me ajudou a suportar
Você só deixou na avenida a desilusão pr' eu carregar
E hoje não sou mais um Zé, sinta meu cheiro de alecrim
Ando bem cotado
/Se você duvida se informe sobre mim.

Add a playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Dú Basconça / Rogério Batalha · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Rogério
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.