Baluarte

Rogério Batalha

exibições 48

Estranhamente me desejas
Em outras bocas e mal sabes
Quando advogas meus desejos
E consomes minha mocidade
Furtando assim meus próprios beijos
Em bocas que não me cabem
Ainda que mal saibas do meu apreço
Pra mim tu és um baluarte...

E se por hora impera
O batismo dessa pedra
O tempo é uma fogueira
Que a tudo subtrai
Decerto toda tristeza
Um dia esvai.

Add a playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Moacyr Luz / Rogério Batalha · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Rogério
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.