exibições 29.069

Morena

Royalistick


É meia-noite e eu 'tou pronto, pico o ponto na lisa
Saturday Night viva e o meu corpo precisa
Da brisa inofensiva que me areja o paleio
Com uma mini-saia curta e coragem de copo cheio
Meio torto, endireito o corpo enquanto posso
Pela noite fora eu posso tomando Martini Rosso
Penaltys sem posse só para manter a pose plena
Há Bueda Pussy's, mas eu quero esta morena
Medidas perfeitas, tudo isso, sex appeal
Que me capta enquanto roda, em rotação com vinil
Perfil perfeito, 'tá feito, o meu pé direito avança
Enquanto aquela anca não se cansa e mexe enquanto dança
'Tou sem palavras, já olhaste para mim?

Tu só sorris, isso por norma é um sim
Mas nem tens que dizer nada, o teu olhar é um poema
Com ele enfeitiçado nesse tom de pele morena
Cabelo escuro como a noite que te acompanha
Eu sei que qualquer homem quando pode te desdenha
Esse charme que me atrai de forma mais que notória
Como se os meus olhos tivessem vontade própria
Só previsão: tipo 4, no quarto trancado, de couro cansado
Suado, relógio parado
Desperto, chego perto, decerto só tenho a coragem
Do plano que eu montei pra planear uma abordagem

Vem morena, vem, quero-te ter ao pé de mim
Fazes-me sentir como nunca me senti
Deixas-me à toa a imaginar o teu sabor
Quero o teu mel e sentir o teu calor...

O teu olhar é low profile e insistes para que ninguém note
E eu faço um sorriso aberto e grande como o teu decote
Aproximação num canto escuro, onde não está ninguém
E atacas num sussurro que eu não entendi bem
Não sei se é chato, charme, que as mais belas me preferem
Sou Royalistick ou o Royalistick que elas querem
Mas avanço em confiança e danço sem saber a dança
Mexe comigo, que enquanto houver vida eu tenho esperança
De uma química a dois depois da aproximações, mais
Não sei com quem entraste, mas é comigo que tu sais
Latina, sexy, quente, exilibris de mulher
Quero-te dizer tudo agora, mas senti um clichê qualquer
Não vale a pena e a minha fala não te engana
Tu vês que eu já te vejo a mais que um beijo na minha cama
Mas só sorris e pões a mão no meu rosto
Repetes o sussurro que eu não tinha ouvido há pouco
Queres saber quem sou, de onde venho, como quem sonda
Não digo logo tudo; a noite promete ser longa
E como quem não quer prolonga a noite e um outro dia
Como quem pensa que a química passa a relação de vida
Cumplicidade nos sorrisos, 'tá confirmado,
Cartão pago, 'bora beber um copo a outro lado
A noite decide o resto do plano, com outro som
Da tua voz baixinha e o suspiro do plano bom

Vem morena, vem, quero-te ter ao pé de mim
Fazes-me sentir como nunca me senti
Deixas-me à toa a imaginar o teu sabor
Quero o teu mel e sentir o teu calor

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir