Hoje eu queria um encontro, numa pequena avenida
Com as crianças perdidas que um dia deixamos de ser
Hoje eu queria um instante num banco branco da praça
Vendo no céu os desenhos das nuvens de um ano qualquer

Hoje uma lua na laje do pátio, quase igual àquele dia
Ia me dar uma grande alegria,
quase igual aquele dia.

Hoje eu queria a tranquilidade de uma cisterna esquecida
Com as crianças perdidas e as nuvens de um ano qualquer,
de um ano qualquer

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir