Saudade
É a parte de mim que corre
Metade
Teu pedaço em mim que foge
Vontade
De tão forte a carne treme
Saudade
É a mão que assume o leme

De longe
Vejo o traço do teu sorriso
Que esconde
Teu singelo paraíso
Te espero
Pr'uma dança que não termina
Boleros
O silêncio é companhia.

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir