Foto do artista Salgueiro (RJ)

Samba Enredo 2005 - Do Fogo Que Ilumina a Vida, Salgueiro É Chama Que Não Se Apaga

Salgueiro (RJ)


Salgueiro acende a paixão
É pura emoção... é fogo
Divina criação que a humanidade adorou
Chama viva que clareia... clareia... clareia...
Deixa queimar, queimar...
Que o sangue vai ferver na veia
Surgiram deuses, mitos do imaginário
Pra alma é purificação
Ferros, modelagens; tem lendas e dragões
Rituais de fé, religiões
Fez evoluir a era industrial
Tem fogo neste carnaval

Bota lenha na fogueira... ô iaiá
O sabor do seu tempero... vou provar (bis)
No calor do dia-a-dia... tem que respeitar
Não brinca com fogo pra não se queimar

A chama que arde no peito
É luz que irradia... amor
Quem dera que o homem apagasse
Da mente a maldade e a dor
Um brilho explode no ar
A festa vai começar
O sol traz esperança
Vitória e confiança
Do fogo que ilumina a vida
Vermelho incendeia a Avenida

Hoje o fogo da alegria
Alastrou na Academia por inteiro (É dez! É show!) (bis)
Vem no show da bateria
Esse fogo que arrepia... É Salgueiro

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir