Samba Enredo 1963 - Xica da Silva

Salgueiro (RJ)

exibições 8.053

Apesar
De não possuir grande beleza
Xica da Silva
Surgiu no seio
Da mais alta nobreza.
O contratador
João Fernandes de Oliveira
A comprou
Para ser a sua companheira.
E a mulata que era escrava
Sentiu forte transformação,
Trocando o gemido da senzala
Pela fidalguia do salão.

Com a influência e o poder do seu amor,
Que superou
A barreira da cor,
Francisca da Silva
Do cativeiro zombou ôôôôô
ôôô, ôô, ôô.
No Arraial do Tijuco,
Lá no Estado de Minas,

Hoje lendária cidade,
Seu lindo nome é Diamantina,

Onde nasceu a Xica que manda,
Deslumbrando a sociedade,
Com o orgulho e o capricho da mulata,
Importante, majestosa e invejada.
Para que a vida lhe tornasse mais bela,

João Fernandes de Oliveira
Mandou construir
Um vasto lago e uma belíssima galera
E uma riquíssima liteira
Para conduzi-la
Quando ela ia assistir à missa na capela.

Add a playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Anescarzinho / Noel Rosa de Oliveira · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Rafael
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.