exibições 188

Café González

Sêneca


Não faz mal eu tentar me passar por santo
Já que ninguém pensou nisso antes
Eu espero uma proposta pública melhor,
Um violão sem trastes e uma parceira que me dê amor
Não faz mal eu tentar me passar por santo
Não faz mal que eu tentei me passar por alguém que nunca poderei ser
Os dias que passei esperando
Foram os mesmo que você
Eu espero agora sem cobranças
Nem estações
Te quero assim amor
Quero cantar que é pra não te esquecer
Me deixa falar
Me faz entender

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais no Blog