Jogo um gole pro santo
Dou um beijo na figa
No cordão de São Jorge e
Senhora Aparecida.

Rogo à todos os santos
Que me dêem um bom dia,
Muita saúde e sorte,
Que proteja a minha vida.

Lá vou eu descendo a ladeira
Buscar meu sustento
Vou correndo, o dia amanhece
E me apressa chegar.

Cai a tarde, o dia na beira,
Com o Sol se escondendo
Volto lento, a noite acontece
Tem gente a esperar.

Nas mãos de Deus me entrego e espero
Seguro chegar,
Traço a risca e vou reto pra casa
Não posso parar.

E além do mais, alguém como eu
Que ganha a vida no braço,
O cansaço e a saudade me levam
De volta pro lar.

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir