Foto do artista Sivuca

Forró da Bicharada

Sivuca


Lançaram na floresta um forró lascado
Dançou bicho com gente por todos os lados
O tempo ficou quente o certo com o errado
Era um só braço dado até o dia clarear

E o povo na pisada com a bicharada
O rato com o empresário, o pato com canário
Raposa com banqueiro, trouxa com carneiro
E a noiva do açougueiro enfeitiçou o boi
Cavalo com gerente, a mula com o tenente
E o tempo ficou quente e quem não foi, não foi

Êita festa danada
Arde o couro e a moçada
Nessa dança safada
Não se cansa de espalhar

Êita festa danada
Arde o couro e a moçada
Nessa dança safada
Não se cansa de espalhar

Lançaram na floresta um forró lascado
Dançou bicho com gente por todos os lados
O tempo ficou quente o certo com o errado
Era um só braço dado até o dia clarear

E o povo na pisada com a bicharada
O rato com o empresário, o pato com canário
Raposa com banqueiro, trouxa com carneiro
E a noiva do açougueiro enfeitiçou o boi
Disseram que foi visto o burro com o ministro
E o fim de tudo isto sabe-se o que foi

Êita festa danada
Arde o couro e a moçada
Nessa dança safada
Não se cansa de espalhar

Êita festa danada
Arde o couro e a moçada
Nessa dança safada
Não se cansa de espalhar

Êita festa danada
Arde o couro e a moçada
Nessa dança safada
Não se cansa de espalhar

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir