Coceira de piolho
Desgraçou minha cabeça
Só até os carrapato aparecer
Comeram tudo só sobrou a Edileuza
Uma lendia viva no cinema a me come

YÈ YÈ YÈ

Naquela enchente eu nadei na água suja
Daí nasceu umas berebas na minha bunda
Aquelas que se não aguenta e mete a unha
Só você tendo pra saber como é que é

YÈ YÈ YÈ

O chato foi ter que raspar os meus pentelhos
Pra esses bichos não ter mais onde viver
Coçando o saco eu passava o dia inteiro
Coçar o saco era meu único prazer

YÈ YÈ YÈ

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir