A não ser que venha o Papa me falar
Me convencer do que eu tenho que medir
Das minhas doses e alguns tragos eu sei bem
O que me mata é insegurança

Já não te vejo pelas ruas da cidade
Dizem até que parou mesmo de mentir
Dos meus pileques e alguns tragos eu sei bem
O que me acaba é a importância dada a ti

Não vou de samba, muito menos de avião
Bom sujeito nunca fui e não vou ser
Não sou de sorte e nunca culpei o azar
Jamais vivi sem elegância por aí

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Diogo Gameiro / Rodrigo Suricato · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Suricato
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.