Quando meu camelo
Disser que eu não preciso de soda
Vou ter meu cabelo
Igual a todo pêlo da moda

De ser macaco
De ser normal
Ser humano legal
De ser macaco
De ser normal
E ser considerado um cara excepcional

Quando meu cabelo
Disser que eu não preciso de moda
Vou com meu camelo
Deserto afora bebendo soda
Sem ser macaco
Sem ser normal
E ser e ser e ser um ser humano legal
Sem ser macaco
Sem ser normal
Sem me considerar um cara excepcional

O meu camelo é de corpo
E não seca ao sol
O teu camelo é demente, e como pode?

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: João Cavalcanti / Tagore Suassuna · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Tagore
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.