exibições 794
Foto do artista Tagore

Portobelo

Tagore


Quando me olha com fome
Em disparo de seta
Eu só vejo outra face
Não menos esperta
E se quer que eu a abrace
Por que não me ajuda?
Não faz desse grito
Vontade tão muda

Portobelo aqui vou eu
Sem fala, eternamente encantado
Com o jeito que deus te deu

Ela é um estrago profundo
Ela é quase um profeta
É a prova mais viva
Que deus é poeta
E cadeira cativa
Entre o sol e a lua
É Gil e Caetano transando na rua

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: João Felipe Cavalcanti / Tagore Suassuna · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Letícia
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.