Foto do artista Tavito

Balada Para Voz e Esperança

Tavito


Uma canção é pra sempre
Costura em meus olhos fechados
A paisagem que eu nunca esqueci

Uma canção companheira
Esconde no céu da boca
Para sempre os beijos que eu mais quis

Como eu não tenho a certeza
De tê-la feliz ao meu lado
Como essa ternura de agora
Amanhã pode ser violência
Uma canção não consola
Não faz estancar a ferida
Não livra a cara do tapa
Não inventa nenhuma saída

Uma canção é pra sempre
Como eu sei tão pouco de mim
Barro nos pés, violência no peito
E a alma sonhando o eterno

O coração não pergunta
De onde essa primavera
E essa voz irmã de minha voz

O coração não pergunta
Dispara ferido, feliz
Como se fosse o amor que nós todos
Quizemos, quizemos, quizemos

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir