Carmem

exibições 3.187

Carmem
Teixeirinha

Carmem,
Eras muito pequenina
Uma bela flor menina
Sua idade era três anos
Por um vizinho roubada
E depois foi adotada
Num barraco de ciganos

Carmem,
Prometi uma aventura
Saí a sua procura
E por sorte lhe encontrei
Quero levar-te a seus pais
E depois sem pensar jamais
Que também me apaixonei

Carmem linda,
Estou morrendo de amor
E antes que chegue a morte
Venha ler a minha sorte
Vem curar a minha dor

Linda Carmem,
Será seu meu coração
Será sua minha vida, meu amor, minha querida
Vem só ler a minha mão

Carmem,
Andas com a caravana
Pensando que és cigana
Mas não és cigana não
O seu pai está chamando
Sua mãe está chorando
Na mais triste solidão

Carmem,
Agora tem vinte anos
Pra apagar o desengano
Olha aqui o retratinho
Com a mãe que lhe gerou
E com a cigana que a criou
Você reparte o carinho

Carmem linda,
Meu amor é tão profundo
Cigana da pele branca vem agora muito franca
Conhecer seu outro mundo

Linda Carmem,
Eu estou enamorado
Quero ser seu companheiro
Seu eterno seresteiro
Coração apaixonado