Não há um lado bom, outro ruim não
Como nos filmes e nos planos
E é sempre um oceano entre o sim e o não
Todos tontos
Para o mesmo lado
Com o mesmo barco
Em movimentos simultâneos circulares

Não há um lado bom, outro ruim não
Tudo tanto muda e fica igual
Não sei se temos tempo para conversar
Pois preciso
Para o outro lado, para o mundo raso
Para o outro lado, para o mundo raso
Em movimentos simultâneos circulares
Em movimentos simultâneos circulares

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir