Quando olho pro céu
Antes de dormir
Eu vejo estrelas que nem estão ali
Pois já explodiram
Então me pergunto
Será que eu também vou
Sumir num minuto

Não me deixe sumir
Não me deixe apagar
Quero ser muito mais
Que poeira estelar
Não me deixe vagar
Pela escuridão
Não permita que eu caia em um buraco negro
Me dê a sua mão

Eu só sonhava
Em ser estrela
De uma constelação
Ideia errada
Pois o que espera
É frio e solidão

Aqui no espaço
Tudo é tão distante
Deixado no vácuo
Silêncio constante
Um raio me acerta
E eu mau percebo
Eu vejo um cometa
E faço um desejo

Não me deixe sumir
Não me deixe apagar
Quero ser muito mais que
Poeira estelar
Não me deixe vagar
Pela escuridão
Não permita que eu caia em um buraco negro
Que vai roubar sua luz
De mim então
Me de a sua mão

Eu só sonhava
Em ser estrela
De uma constelação
Ideia errada pois o que espera
É frio e solidão

Não me deixe sumir
Não me deixe apagar
Quero ser muito mais
Que poeira estelar
Não me deixe vagar
Pela escuridão
Não permita que eu caia
Em um buraco negro
Que vai roubar sua luz
De mim então
Me de a sua mão
Me de a sua mão

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir