Vou só com a minha pena da lei que me condena
Correr é o meu destino para fugir da lei
Perdido no coração dessa grande babilônia
Me chamam clandestino sem nome no papel
Numa cidade ao norte e fui trabalhar
O meu amor deixei entre Celta e Gibraltar
Sou uma raia no mar, fantasma na cidade
Me chamam clandestino, yo soy fora da lei

Brasileiro, clandestino
Mano Chao, clandestino
Americano, soy latino
Marijuana, ilegal

Vou só com a minha pena da lei que me condena
Correr é o meu destino para fugir da lei
Perdido no coração dessa grande babilônia
Me chamam clandestino sem nome no papel

Brasileiro, clandestino
Cabeludo, clandestino
Tatuado, clandestino
Marijuana, ilegal

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Revisões por 2 pessoas . Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog