exibições 9.358
Foto do artista Tiririca

Pescaria de cágado

Tiririca


Essa criação de cágado
Tudinho é meu, meu filho
Tá vendo esse caguinho?
Tá vendo aquele cagão?
Tudinho é meu esses cágado, tudinho
É, você tem que
Eu gostaria que você pegasse e não soltasse

Mas oh mulher, segura o cágado
Não deixa o cágado no chão
Pega o cágado
Arrocha o cágado
E bota o cágado na mão

Mulher, segura o cágado
Não deixa o cágado no chão
Pega o cágado
Arrocha o cágado
E bota o cágado na mão

Foi pescaria de cágado
Lá na lagoa do sapo
Peguei um cágado do tamanho de uma enguia
Eu disse: agora vou encher minha pança
Reuniu-se a cagança
E eu peguei a cagaria

Mulher, segura o cágado
Não deixa o cágado no chão
Pega o cágado
Arrocha o cágado
E bota o cágado na mão

Mulher, segura o cágado
Não deixa o cágado no chão
Pega o cágado
Arrocha o cágado
E bota o cágado na mão

Eu vi um cágado namorando uma cágada
Um jabuti quase magro com um bucho pelo chão
Eu disse assim: agora a coisa vai, caguinha, quem é teu pai
Ela disse: o cagão!

Mulher, segura o cágado
Não deixa o cágado no chão
Pega o cágado
Arrocha o cágado
E bota o cágado na mão

Mulher, segura o cágado
Não deixa o cágado no chão
Pega o cágado
Arrocha o cágado
E bota o cágado na mão

Fui convidado pra comer uma cagança
Pra encher a minha pança na casa de Nicolau
Mulher danada, nunca vi coisa sem jeito
Ela não comeu direito e ficou passando mal

Mulher, segura o cágado
Não deixa o cágado no chão
Pega o cágado
Arrocha o cágado
E bota o cágado na mão

Mulher, segura o cágado
Não deixa o cágado no chão
Pega o cágado
Arrocha o cágado
E bota o cágado na mão

Minha fia, pega o cágado
Não deixa o cágado fugir!
Meu amor, não é o pequeno não
É o cagão, o maior!
Mas oh mulher, segura o cágado, mulher
Pelo amor de Deus!
Esse aí que tá olhando pra ti
Ó o olho dele!

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir