Padroeiro do Ceará

Tiririca


O dia em que eu nasci eu era um bebe doentinho,
A minha mãe fez uma promessa, eu entrego o meu filho a Jesus
Só aos 7 anos, eu cortarei o seu cabelo e batizarei eu lhe darei o nome santo
Ai veio a confusão, aos 7 anos eu já sabia o que era bom.
Minha mãe chamou e disse, vem cá menino, seu nome vai ser João
João não, mamãe, João não, mamãe, João não, mamãe, João não
João não, mamãe, João não, mamãe, João não, mamãe, João não
Então vou lhe chamar de Antônio ou de Francisco
Toinho não, mamãe Toinho não, mamãe Toinho não, mamãe Toinho não
Chiquinho não mamãe Chiquinho não mamãe Chiquinho mãe? Chiquinhonão
Então vou lhe chamar de Raimundo ou Sebastião
Mundinho não mamãe Mundinho não mamãe Mundinho não mamãe Mundinho não
Sebastião não mamãe, Tião mamãe, Tião não mamãe, Tião não
Então vou lhe chamar de Emanuel ou de Joaquim
Manel não mamãe Manel não mamãe, Manel mamãe?, Manel não
Quinquinho não mamãe, Quinquinho não mamãe, Joaquim não mamãe,Quinquinho não
Então vou homenagear ao Padroeiro do Ceará
Seu nome vai ser José, se não quiser vai apanhar
Zé sim, mamãe, Zé sim sim mamãe, Zé sim mamãe, Zé sim sim
(A F#m Bm E)
Mamãe que nome lindo, o meu nome é José, nome lindo Zé
Gostei, mamãe. José meu nome. Mãe guarda esse cinturão,
Esse cinturão é pra segurar a calça mamãe
Mamãe que coisa linda você botar meu nome de José

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: J.Everardo / N. Dos Teclados. Essa informação está errada? Nos avise.
Revisões por 2 pessoas . Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog