Ninguém sabe como vai a minha vida
Nem a dor que está por trás do meu olhar
A verdade em meu silêncio está escondida
E a saudade só a mim me quer falar
Nem tu sabes porque já não queres saber
Nem metade do que fica por contar

Eu nunca mais
Voltei a sorrir em cada madrugada
E o que fui um dia hoje não sou nada
Estamos tão desiguais
E nunca mais
Voltei a sonhar como sonhei contigo
Quando a noite cai ainda estou perdido
Não me encontrei jamais
E por isso me escondo
E só vou mostrando tudo o que eu não sinto
Mas nunca mais

E assim eu vou vivendo de aparências
A mostrar que estou feliz quando não estou
A mentira não é mais que uma defesa
Sofro menos a fingir ser quem não sou

Eu nunca mais
Voltei a sorrir em cada madrugada
E o que fui um dia hoje não sou nada
Estamos tão desiguais
E nunca mais
Voltei a sonhar como sonhei contigo
Quando a noite cai ainda estou perdido
Não me encontrei jamais
E por isso me escondo
E só vou mostrando tudo o que eu não sinto
Mas nunca mais

Eu sem ti fiquei perdido
E não me encontrei jamais
Posso inventar um sorriso mas a tristeza não vai
Eu nunca mais

Eu nunca mais
Voltei a sorrir em cada madrugada
E o que fui um dia hoje não sou nada
Estamos tão desiguais
E nunca mais
Voltei a sonhar como sonhei contigo
Quando a noite cai ainda estou perdido
Não me encontrei jamais
E por isso me escondo
E só vou mostrando tudo o que eu não sinto
Mas nunca mais

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir