Samba Enredo 1996 - Aquarela do Brasil Ano 2000

G.R.E.S Unidos do Viradouro (RJ)


Vem o Sol, com seus raios dourados
Iluminando a natureza, do Oiapoque ao Chuí!
Tenho forma de coração
Sou encanto, sou beleza,
Sou Brasil, sou nação!
Amazônia: é meu rio, é meu ar
O seu manto verdejante
Faz o mundo respirar

Meu Nordeste exuberante
Bumba-meu-boi, meu boi-bumbá
Dos meninos de Olodum
De louvor aos orixás!

No Centro-Oeste ainda se vê
Os majestosos Pantanais
A capital das capitais
Seu misterioso Vale do Amanhecer
No Sul, o vaqueiro trovador
Canta a história do gigante que um dia despertou
Sudeste: fonte de inspiração
Do carnaval, da emoção
Do jeitinho brasileiro
Do meu Rio de Janeiro
Ainda tendo céu anil
Vou seguindo meu destino
Com meu peito varonil

Pierrot cara pintada
No ano 2000
Com a Viradouro na aquarela do Brasil

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Flavinho Machado / Heraldo Faria / Jorge Baiano / Mocotó. Essa informação está errada? Nos avise.

Posts relacionados

Ver mais no Blog