eu sei que acordar depois do que dormi
é um ato elogiável
alguém diz inexplicável
para quem planejou meu fim
nas falhas de um esforço
eu hoje só ostento paz
me encantam cada dia mais
as coisas muito simples

eu caminhei livre e meus pés brilham no breu
só pra iluminar trilhas como um cão-guia que foi seu
vou participar sempre da melhor parte de ser eu
é o grande esforço mas o alívio que te espera
não tem preço
não depende de ninguém
mas você mesmo
dá pra se arriscar

eu sei que levantar depois do que eu vi
é um ato irresponsável
meu sorriso insuportável
pra quem pensou em mim
como um peso morto
eu hoje só ostento paz
me encantam cada dia mais
as coisas muito simples

eu caminhei livre com os pés firmes no breu
só pra espalhar cinzas do que fui e do que morreu
vou participar sempre da melhor parte de ser eu
é o grande esforço mas o alívio que te espera
não tem preço
não depende de ninguém
mas você mesmo
dá pra se arriscar

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir