Foto do artista Violins

Comercial de Papelaria

Violins


Volte pela estrada mais longa
Cujo asfalto é mais liso
Será bem mais demorado
Mas você chegará viva
Depois dos desvarios e da confusão
E dos estragos neurológicos feitos à mão
A gente vai descansar
Com a cabeça serena e o corpo forte e sadio
Pra ver nossos pais envelhecerem saudáveis
Somos simples
Depois dos desvarios e da confusão
E dos exames cardiológicos feitos em vão
A gente vai descansar

E que choque foi ver o mundo não acabar
Depois que você abriu a boca pra falar
E compreendeu tudo numa generosidade tão insuportável
Que a gente te amou
Como nunca amou a si mesmo

Você se parecia criança vendo um comercial de papelaria
Anunciar o fim das férias: sem alegria plena
Mas isso agora é lenda
E a gente vai descansar

E que sorte foi ver o mundo não acabar
Depois de você abrir suas pernas, me chamar
Me escureceu tudo
Numa escuridão tão clara eu via o mundo
E a gente queimou
Como o fogo espalha com o vento
E a gente parecia criança vendo um comercial de papelaria
Anunciar o fim das férias: sem alegria plena
Mas isso agora é lenda

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir