Um iludido que eu sou
Pra bater palmas de pé
A gente viu você ser deus
Mas ninguém viu você estender
Seus braços santos pra quadrilha
Você está nu em todas páginas de jornais
É o paladino do que é bom
Aquele em quem se tem fé
Que vai chorar tão bem depois
E confessar que sempre fez
Só as vontades da quadrilha
De norte a sul
Argumentando como um bom pai
E vai levar a noite inteira de céu azul
E a gente não lê mais um jornal

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir