Andava como o tal meio distraído
Eu nem percebi que estava correndo perigo
Do seu olhar
Presilha no cabelo, decote colorido,
Pernas bronzeadas piercing no umbigo
E o seu olhar

Tem uma antiga canção que diz
Que não se pode viver sozinho
E você apareceu, cruzou o meu caminho
E não da mais para voltar
A ser quem eu era

Lá vem ela
Andando na rua como passarela
A luz do sol reflete em seus olhos negros
Eu quero saber de todos os seus segredos,
O que te agrada
A luz do sol reflete em seus olhos negros,e
Eu quero saber de todos os seus desejos

Tem uma antiga canção que diz
Que não se pode viver sozinho
E você apareceu, cruzou o meu caminho
E não da mais para voltar
A ser quem eu era
Lá vem ela
Andando na rua como passarela

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir