exibições 743

Mensagem

Wilson Paim


Venham comigo desfrutar aqui no campo
Da natureza e o esplendor desta paisagem
Aos que não sabem, eu espero que compreendam
Minhas razões e o porquê desta mensagem
Aqui vive-se em perfeita harmonia
Flores silvestres como ouro dos trigais
E o direito e a liberdade conquistados
Não se diferem, para todos são iguais

(Refrão)
Os alecrins quando florescem dão mais vida
E mais perfume quando nascem as manhãs
Serviram tempo as narcejas anunciam
Amadrinhadas pelo voo dos pavãos
Também existe uma restinga de águas claras
Como santuário do trapear de um lambari
Que é na essência o passa-tempo mais sagrado
Para a infância inocente de um guri

Cai no meu chão a inconsciência não tem vaza
É cada um a preservar o que lhe é seu
Não faz sentido devastar o que hoje temos
Se a natureza, sem cobrar tudo nos deu
Só peço a Deus que tudo isto que herdamos
Se perpetue na vivência do pampeiro
Pois quando eu for quero levar dentro do peito
Esta certeza pra o meu sono derradeiro

(Repete o Refrão)

Para a infância inocente de um guri.

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir