Tempo Dourado

Wilson Paim

exibições 305

Quanta saudade, lembranças
Daquele tempo dourado
Como era doce ser criança
No meu berço antepassado.
Pão de forno, meus sonhos
Os sonhos e o pão de ló
Caprichos à moda antiga
Carinhos da minha avó.

(Refrão)
Quando lembro as pescarias
A sombra da guajuvira
Linha de mão, cantoria
À espera de uma "traíra".
O velho rio cantador
Maestro da natureza
Dos castelos de areia
Num tempo que foi nobreza

Hoje, só restam lembranças
Da minha tenra idade
Meu velho tempo dourado
Saudade, muitas saudade!

(Repete o Refrão)

Dos castelos de areia
Num tempo que foi nobreza.

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir