exibições 595

Fonte De Desejo

Wilson Paim


Nas colinas do teu rosto, um olhar de mês de agosto vertem fontes de desejo
Todas matas que hoje lenho, essas coisas que hoje tenho, trocaria por teus beijos
A luz que ilumina os campos, são estrelas pirilampos, de passagem por aqui
Longe de ti sou tristonho, pois pra iluminar meus sonhos só a luz que vem de ti.

Esta lua cor de prata, é teu riso que mal trata meu sofrido coração
O bailar do teu jingado, já me fez descompassado levitando igual balão. 2x

O similar dos teus lábios, tem a sentença dos sábios que consagra, que condena
Eu rebroto e me desvolho, desde que pousei meus olhos nos teus encantos morena
Quando o teu olhar fassei, clarear o meu rancho inteiro, serei mesmo beija-flor
Serei dono das campinas, tu serás pra mim menina, minha musa, meu amor.

Esta lua cor de prata, é teu riso que mal trata meu sofrido coração
O bailar do teu jingado, já me fez descompassado levitando igual balão. 2x

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir