exibições 5.930

A Rosa e o Beija-flor

Wilson Paim


Abri a porta do rancho pra ver a luz matinal

Vi um beija-flor no quintal de namoro com uma rosa
Ela faceira e cheirosa bailando ao sopro do vento

Senhora deste momento se fazendo de dengosa
Ele só voando ao redor como quem não quer pousar
Mas bastava a gente olhar suas asas com atenção

Batiam com animação era anúncio de carinho
Era o jeito do bichinho declarar sua paixão

(E o encontro logo veio e uma pétala se abriu
E o beija-flor descobriu toda a razão de viver
Pousou nela pra sorver a sua essência de flor
E a rosa mudou de cor como que envergonhada
Ficou mais avermelhada mas se entregou pra este amor)

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir