exibições 7.719

Chamando o Silêncio

Zé Ramalho


Amar a vida e nunca vai mudar
O sentimento de rir e de chorar
Somos todos a música da estrela
A semelhança e a própria natureza

Não importa o tempo e a distância
A liberdade é o brilho da criança
O silêncio do corpo quando ama
É o paraíso e a luz da esperança

Vamos de novo amar sozinhos
Vamos de novo chamar o silêncio
Que é pra ninguém perceber
Que somos milhões

Aonde estamos ainda vão chegar
No horizonte profundo desse mar
Me espalhe na única beleza
Que é o mistério da própria natureza

Não me iludo, nem quero encontrar
Outra pessoa que fique em seu lugar
O minuto não passa quando ama
É o estranho instinto que me chama
Vamos de novo amar sozinhos

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir