exibições 462

Vida de Cowboy

Ademyr Rico


vida de cowboy ( cowboy de rodeio )
ademir rico

ei...ei...ô... sou cowboy de rodeio
ei...ei...ô... o meu talento não me deixa fazer
feio

eu sou cowboy do circuito nacional
derrubo a casa por uma mulher bonita
dentro da arena no lombo de um animal
faço miséria que o povão nem acredita

como o artista adora ser aplaudido
todo turista é chegado ao veraneio
como o sutiã gosta de peito caído
todo cowboy tem paixão pelo rodeio

ei...ei...ô... sou cowboy de rodeio
ei...ei...ô... o meu talento não me deixa fazer
feio

caio na estrada la pro fim de fevereiro
levo no carro a seleção de apetrecho
coloco as malas no fundo do bagageiro
passeio em casa e vou morando no trecho

chego bonito no final da temporada
nossa senhora foi guiando os passos meus
eu agradeço a santa preta sagrada
e vou levando a vida que pedi pra deus

ei...ei...ô... sou cowboy de rodeio
ei...ei...ô... o meu talento não me deixa fazer
feio

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir